Educação

Em nota prefeitura rebate informação falsa sobre merenda escolar

Publicação em rede social citava falta de merenda em escola estadual, o que não se confirmou.

Por: Da Redação atualizado: 15 de março de 2019 | 09h39
Em nota prefeitura rebate informação falsa sobre merenda escolar

Uma publicação no grupo Adamantina | Siga Mais, na manhã desta quarta-feira (13), no Facebook, onde uma mãe relatou sobre falta de merenda escolar na Escola Estadual Durvalino Grion, causou repercussão nas redes sociais.

As reações foram, em sua maioria, de espanto e críticas imediatas às autoridades. Porém, a publicação não procedia, o que foi verificado imediatamente pelo vereador Acácio Rocha junto à direção da Escola, e respondido por ele entre os comentários na publicação feita pela mãe da criança.

Logo em seguida a postagem foi excluída pela autora. (Continua após a publicidade)

Publicidade

Monalisa Adamantina
Rede Sete Supermercado
Supermercado Godoy

Publicidade

Haddad
JVR Segurança
Daiane Mazarin Estética

Procurada pelo SIGA MAIS, a Prefeitura de Adamantina se manifestou em nota, já que a merenda servida nas escolas públicas municipais e estaduais, de Adamantina, é gerida por meio de um convênio entre o Município e a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. Na nota, a Prefeitura definiu a difusão de notícia falsa como sendo fake news. Veja, na íntegra:

“A Prefeitura de Adamantina, por meio da Secretaria de Educação, Departamento de Alimentação Escolar, vem por meio de nota esclarecer que existe um convênio firmado para o repasse de produtos alimentícios e mão de obra entre o poder executivo e as escolas estaduais.

Todas as instituições de ensino têm recebido regularmente o repasse dos produtos alimentícios e dos profissionais prestadores de serviço e cabe esclarecer ainda que o cardápio elaborado está sendo cumprido.

Convém explicar ainda que no período da manhã, os alunos recebem uma refeição e no período da tarde, no momento da entrada, a instituição entrega um lanche para cada aluno e no horário de intervalo, eles recebem outra refeição. Todo o processo é supervisionado mensalmente pelo Departamento de Alimentação Escolar.  As informações veiculadas nas redes sociais são infundadas, sendo fake news”.

Publicidade

Cinema
Clinica Lu Applim

Publicidade

Youtube