Educação

Educação de Adamantina avalia ensino e traça plano de retomada educacional estratégica

Educação municipal diz que ensino remoto conseguiu garantir a manutenção da aprendizagem.

Por: Natacha Dominato | Comunicação/Prefeitura de Adamantina atualizado: 1 de outubro de 2021 | 17h52
Sala de aula na rede municipal de ensino de Adamantina (Da Assessoria). Sala de aula na rede municipal de ensino de Adamantina (Da Assessoria).

Com o objetivo de avaliar o aprendizado dos alunos durante o período de pandemia que foi marcado por aulas remotas e pelo ensino híbrido e traçar um plano para a retomada educacional estratégica, a Secretaria de Educação de Adamantina promoveu uma avaliação pedagógica.

A pasta tem como uma de suas propostas estruturantes avaliar o aluno em duas condições: no início do ano letivo e no meio; e as abordagens pedagógicas têm como finalidade mostrar os devidos direcionamentos metodológicos curriculares que devem ser adotados para melhorar a qualidade do ensino municipal

Com a avaliação pedagógica realizada em agosto, foi possível identificar: nível de aprendizagem na área de conhecimento em matemática foi maior quando comparada a língua portuguesa; os alunos com idades menores parecem apresentar maiores prejuízos educacionais quando comparados aos maiores; os atrasos dos menores estão relacionados a competência escritora, seguida da leitura enquanto, os dos maiores a interpretação e raciocínio; os dados apontam que os déficits evidenciados estão associados, em sua maioria, ao ano curricular em andamento e os efeitos negativos do ensino remoto foram associados aos casos de atrasos educacionais recorrentes, ou seja, já existiam antes da pandemia e representam 16% dos casos.

Diante dos dados obtidos e como medida saneadora para minimizar os atrasos mapeados, a equipe gestora organizará atividades diferenciadas visando ao desenvolvimento de forma integral.

Assessoras técnicas da educação municipal, Maria Angélica Feitoza e Adriana Muniz (Da Assessoria).

O plano de retomada, bem como, os espaços escolares têm sido organizados para fomentar uma educação de qualidade atendendo as necessidades dos alunos.

Para as assessoras técnicas, Maria Angélica Feitoza e Adriana Muniz, a prioridade neste momento, é assegurar o acesso ao conhecimento curricular de todos os alunos visando a qualidade da aprendizagem, especialmente, dos alunos das fases iniciais (alfabetização) e dos que estão migrando para o ensino fundamental II.

Além das ações desenvolvidas pela pasta, a gestão municipal conta com o apoio e a participação da família no envolvimento das questões escolares a fim de construir estratégias de engajamento capazes de motivar o aluno na busca pelo saber. 

Publicidade

Clínica Savi
Supermercado Godoy

Publicidade

Daiane Mazarin Estética
Rede Sete Supermercado
JVR Segurança

Neste sentido, o secretário da educação, Osvaldo José, reafirma seu compromisso com o rigor dos assuntos sanitários. “De modo geral, os dados mostraram que os alunos da rede municipal apresentaram avanços, mesmo em tempo de isolamento social e pandemia e que as abordagens didático-pedagógicas adotadas minimizam a necessidade de cada ano em particular frente aos desafios do ensino remoto, mas nada supre o contato entre professor e aluno em sala de aula. Por isso, pedimos que os pais mandem seus filhos para a escola”, finaliza.

Matrículas e rematrículas

A Prefeitura de Adamantina, por meio da Secretaria de Educação, informa que o período de matrículas e rematrículas segue aberto até esta quinta-feira, dia 30 de setembro.

Os pais dos alunos já matriculados na rede municipal de ensino devem seguir as orientações que foram recebidas na escola para efetivar as matrículas. Já os responsáveis pelas crianças que tem até 4 anos e, ainda, não estão vinculadas a nenhuma unidade de ensino devem procurar a escola mais próxima de sua casa.

Publicidade

Cóz Jeans
Tio Panda Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais