Coronavírus

Saúde de Adamantina: paciente com suspeita de Covid-19 registrado nesta sexta-feira é de Mariápolis

Com atualização feita pela Prefeitura, Adamantina continua com três casos suspeitos sob investigação

Por: Da Redação atualizado: 5 de abril de 2020 | 10h33
Mariápolis tem primeiro caso envolvendo morador com suspeita para Covid-19. Paciente está internado na Santa Casa de Adamantina (Reprodução). Mariápolis tem primeiro caso envolvendo morador com suspeita para Covid-19. Paciente está internado na Santa Casa de Adamantina (Reprodução).

Em nota divulgada no começo da noite desta sexta-feira (3), a Secretaria Municipal de Saúde de Adamantina informa que o caso suspeito de paciente com sintomas do Covid-19, registrado hoje (reveja), é de um munícipe de Mariápolis. Segundo a nota, a naturalidade do paciente foi confirmada agora a tarde.

O paciente colheu os exames pela manhã, está internado na Santa Casa de Adamantina em estado estável e em isolamento.

Com isso, Adamantina se encontra com três casos suspeitos de Covid-19, até o momento, e não quatro, como divulgou anteriormente a própria Prefeitura.

Os três casos envolvem um homem de 31 anos, sob cuidados da Santa Casa local, e dois médicos que atuam na Secretaria Municipal de Saúde, que ficaram sob isolamento familiar.

Os testes foram encaminhados ao Instituto Adolfo Lutz, que ainda não fez a devolutiva com os resultados laboratoriais.

Morte por Covid-19 em Dracena

Um homem de 64 anos morreu nesta sexta-feira em Dracena, vítima de covid-19. Ele estava internado na Santa Casa da cidade desde o último sábado (28). Na quarta-feira (1),  após o Exame PCR para detecção do vírus SARS-CoV-2 junto ao Laboratório Hermes Pardini, em Belo Horizonte, foi testato positivo para a doença. A Prefeitura ainda aguarda a contra prova do exame, feito pelo Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo (reveja). (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Clínica Savi
Supermercado Godoy

Publicidade

JVR Segurança
Rede Sete Supermercado
Daiane Mazarin Estética

Brasil: 359 mortes e 9 mil infectados.

O número de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus no Brasil subiu de 7.910 para 9.056 entre ontem (2) e hoje (3), conforme a atualização do Ministério da Saúde.

O número de óbitos por covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, saltou de 299 para 359. O índice de letalidade, que era de 3,5% no início da semana, foi para 3,8% ontem e chegou a 4% no balanço anunciado hoje.

As mortes ocorreram em São Paulo (219), Rio de Janeiro (47), Ceará (22), Pernambuco (10), Amazonas (7), Minas Gerais (6), Distrito Federal (5), Bahia (5), Rio Grande do Sul (5), Santa Catarina (5), Paraná (4), Piauí (4), Espírito Santo (4), Rio Grande do Norte (4), Sergipe (2), Alagoas (2), Goiás (2), Maranhão (1), Mato Grosso do Sul (1), Mato Grosso (1), Pará (1), Paraíba (1) e Rondônia (1).  

Os novos casos totalizaram 1.146. O resultado significou um aumento de 15% em relação ao total registrado antes. Foi o maior número de novos casos em um dia desde o início da série.

Casos por dia em 3 de abril (Ministério da Saúde/Divulgação).

Já as novas mortes em um dia também bateram recorde, com 60. Nos quatro dias desta semana, os números de novas mortes foram de 23, 42, 40 e 58. No tocante ao perfil, 57,7% eram homens e 42,3%, mulheres. No recorte por idade, 85% das vítimas tinham acima de 60 anos.

Já com relação às doenças de pessoas que faleceram, 164 tinham alguma cardiopatia, 114 tinham diabetes, 45 passavam por alguma condição respiratória e outros 30 apresentavam alguma patologia neurológica. As hospitalizações por covid-19 totalizam 1.769. (Agência Brasil).

 

Publicidade

Cóz Jeans
Tio Panda Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais