Coronavírus

Paciente internado em Adamantina com suspeita de coronavírus desmente boatos e mostra recuperação

Após áudio anônimo, paciente se manifesta, mostra recuperação e elogia a Santa Casa de Adamantina.

Por: Da Redação | Com informações do Impacto Notícias atualizado: 26 de março de 2020 | 18h37
Jeberson Rodrigo Jardim, pedreiro, de 31 anos, primeiro caso suspeito do novo coronavírus em Adamantina, desmente áudio (Reprodução/Impacto). Jeberson Rodrigo Jardim, pedreiro, de 31 anos, primeiro caso suspeito do novo coronavírus em Adamantina, desmente áudio (Reprodução/Impacto).

Internado desde domingo (22) na Santa Casa de Adamantina na condição de ser o primeiro caso suspeito do novo coronavírus (Covid-19) da cidade (reveja), o paciente foi alvo de um áudio que circulou pelas redes sociais informando, anonimamente, que estaria entubado e aguardando para morrer.

Sabendo disso, o próprio paciente gravou um vídeo que também circulou pelos aplicativos de mensagens e redes sociais, onde afirma estar bem e desmente a boataria. Ele foi ouvido na noite desta terça-feira (25), por telefone, pelo Impacto Notícias. O paciente é Jeberson Rodrigo Jardim, pedreiro, de 31 anos, natural de Itaberá, município da região de Itapeva, que trabalha como terceirizado em uma empresa de Adamantina.

Em seu vídeo, Jeberson desmentiu o áudio anônimo e afirma estar bem. “Rapaziada, estão dizendo, que estou entubado, aguardando para morrer. Tudo isto é mentira, e boatos. Estou no hospital tomando soro e aguardando o diagnóstico. Estou com uma leve tosse, e com muita fé e Deus logo estarei de volta, trabalhando. Para os que estão na torcida por mim, muito obrigado!”.

Ao Impacto, o paciente disse que está se sentindo bem, e descreveu como foi que começou os sintomas da gripe. “Comecei a ter sintomas de gripe na segunda-feira (16). Estava com tosse leve. Os dias foram passando e, no sábado (21), trabalhei o dia inteiro. À noite tive um pouco de febre e falta de ar. No domingo (22) a falta de ar aumentou e, por isso, procurei ajuda médica”, explicou por telefone. “Creio em Deus, e acredito que meu exame será negativo”, completou. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Tio Panda Adamantina
Supermercado Godoy
Clínica Savi

Publicidade

Dra Maria Gabriela Tiveron
Daiane Mazarin Estética
JVR Segurança
Rede Sete Supermercado

O pedreiro disse ao Impacto ter conseguido falar com sua mãe, por chamada de vídeo, o que permitiu tranquiliza-la. “Ela estava muito nervosa com tantos boatos, que eu estava morrendo, entubado. Ela ficou bem mais tranquila depois que me viu”, falou ao Impacto.

Segundo o paciente, essa foi a primeira vez que ficou internado. Ele pede que as pessoas se cuidem e reforcem os procedimentos de higiene. “As mulheres sempre se cuidam mais, estão sempre preocupadas com a saúde. Nós, homens, sempre vamos deixando para depois. Neste momento, é muito importante se cuidar”, alerta.

Ao Impacto, Jeberson também elogiou o tratamento que tem recebido na Santa Casa de Adamantina. “Todos, sem exceção, médicos e enfermeiros, têm me tratado com muito cuidado. Mesmo sabendo dos riscos que eu posso oferecer”, afirmou.

Publicidade

Cinema

Publicidade

Insta do Siga Mais