Coronavírus

46 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 estarão disponíveis até janeiro, prevê Governo de SP

Instituto Butantan anuncia que estudo clínico da vacina chegou à fase final.

Por: Assessoria de Imprensa atualizado: 24 de novembro de 2020 | 15h42
Governo de São Paulo e Instituto Butantan confirmaram que o estudo clínico da CoronaVac chegou à fase final e os resultados sairão na primeira semana de dezembro. A previsão é que doses estejam disponíveis até janeiro de 2021 (Foto: GovSP). Governo de São Paulo e Instituto Butantan confirmaram que o estudo clínico da CoronaVac chegou à fase final e os resultados sairão na primeira semana de dezembro. A previsão é que doses estejam disponíveis até janeiro de 2021 (Foto: GovSP).

Na 146ª coletiva de imprensa sobre as ações de enfrentamento da pandemia de coronavírus, o Governo do Estado apresentou nesta terça-feira (23), direto do Instituto Butantan, as mais recentes informações sobre a doença e a vacina que o Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac estão desenvolvendo.

Nesta que é a 48ª semana epidemiológica, a equipe de saúde do governo paulista informou os seguintes dados epidemiológicos. Verificou-se uma queda no número de casos de coronavírus, ao mesmo tempo que um aumento de 17% no número de internações. Hoje são 1180 pacientes internados em UTis no estado. Número este bastante inferior ao de junho, que alcançou cifras superiores a dois mil pacientes internados.

“Hoje em SP atingimos no total 1,2 milhão de casos de coronavirus, com 41 mil óbitos”, afirmou o secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn.

A taxa de ocupação de leitos de UTI no estado é de 47%. Mais de um milhão de pessoas se recuperaram da doença, sendo 130 mil as altas hospitalares daqueles que estiveram em UTIs hospitalares. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Supermercado Godoy
Clínica Savi

Publicidade

Daiane Mazarin Estética
JVR Segurança
Rede Sete Supermercado

O Governo de São Paulo e o Instituto Butantan confirmaram que o estudo clínico da CoronaVac chegou à fase final e os resultados sairão na primeira semana de dezembro. A previsão é que doses estejam disponíveis até janeiro de 2021.

 “A celeridade do Instituto Butantan pode permitir que a CoronaVac seja a primeira disponível para nossa população. Só com a vacina viveremos o nosso normal”, afirmou o Secretário de Saúde Jean Gorinchteyn.

Na última semana, o primeiro lote com 120 mil doses chegou a São Paulo, tornando o Brasil o primeiro país da América Latina a receber uma vacina contra o coronavírus. A expectativa do Governo do Estado é que o Butantan obtenha a aprovação da Anvisa ao imunizante até janeiro

“Estamos muito próximos de ter uma vacina disponível para o Programa Nacional de Imunizações. Esperamos que haja incorporação dessa vacina, que é mais uma do Butantan. Essas notícias colocam nossa vacina como a mais próxima de utilização aqui no Brasil. Cada dia com vacina faz diferença”, disse Dimas Covas, Diretor do Butantan.

Publicidade

Tio Panda Adamantina

Publicidade

Cinema
Insta do Siga Mais