Cidades

Semana do Idoso promove conscientização sobre violência patrimonial e Outubro Rosa

Programação iniciada na segunda-feira (30) segue até este sábado (5), em Adamantina.

Por: Natacha Dominato | PMA atualizado: 4 de outubro de 2019 | 14h33
Orientadora jurídica do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Gabriela Lima Ramenzoni, tratou sobre violência patrimonial (Da Assessoria). Orientadora jurídica do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Gabriela Lima Ramenzoni, tratou sobre violência patrimonial (Da Assessoria).

Dando continuidade às atividades desenvolvidas pela Secretaria de Assistência Social e do Conselho Municipal do Idoso (CMI) em comemoração à Semana do Idoso, foi realizada ontem (3) no Anfiteatro Fernando Paloni uma palestra sobre violência patrimonial e a conscientização sobre a importância do outubro rosa.

Na primeira apresentação, a orientadora jurídica do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Gabriela Lima Ramenzoni explicou que idoso é toda pessoa que tem 60 anos ou mais e os que têm 80 anos desfrutam de uma prioridade especial.

“A violência patrimonial consiste em uma exploração imprópria ou ilegal contra o idoso, em que há uso não consentido de seus recursos financeiros e econômicos”, explica.

Dados divulgados pelo Governo do Estado de São Paulo apontam que o abuso financeiro e a violência patrimonial estão em terceiro lugar com 18% de casos de abuso, ficando atrás apenas da negligência com 38% e da violência psicológica com 27%. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Tio Panda Adamantina
Supermercado Godoy
Clínica Savi
Monalisa Adamantina

Publicidade

Haddad
Rede Sete Supermercado
JVR Segurança
Daiane Mazarin Estética

Em Adamantina, o Creas registrou 10 casos de violência contra o idoso e dois deles são relativos à violência patrimonial.

“Para se livrar dessa condição, o idoso deve primeiro reconhecer a violência e quem está envolvido nela, depois buscar locais públicos de proteção que podem ser o CRAS, CREAS, ESF, NASF e CAPS. Feito isso será preciso buscar os serviços de defesa para por fim, conseguir o seu empoderamento por meio da valorização do seu protagonismo social”, assegura.

Depois da primeira apresentação, a médica ginecologista Elza Yamashiro tratou sobre o problema do câncer de mama. “Falta prevenção, por isso a mortalidade do câncer de mama é tão alta”, afirma. Ela explica que o câncer de mama está atrás apenas do câncer de pele e que quanto antes for tratado, maiores as chances de cura.

Médica ginecologista Elza Yamashiro tratou sobre o problema do câncer de mama (Da Assessoria).

A programação da Semana do Idoso segue na sexta-feira (4), com o Contando História na 3ª Idade com o Passarinho e os alunos da creche Pequeno Polegar no Lar dos Velhos no período da manhã e missa às 15h.

As atividades chegam ao fim com a confraternização dos idosos, almoço e baile no lar dos velhos no sábado (5), a partir das 11h30.   

Publicidade

Iogurtes Carolina

Publicidade

Auto Doc

Publicidade

Clinica Lu Applim
Cinema

Publicidade

Insta do Siga Mais