Cidades

R$ 4 milhões para a saúde, educação e outras melhorias

Recursos extras de R$ 4 milhões foram incorporados ao orçamento municipal de Adamantina.

Por: Da Redação atualizado: 12 de agosto de 2018 | 10h43
Vereadores aprovam em sessão extraordinária projeto de lei que autoriza movimentação de recursos extras ao orçamento municipal (Arquivo). Vereadores aprovam em sessão extraordinária projeto de lei que autoriza movimentação de recursos extras ao orçamento municipal (Arquivo).

A Câmara Municipal de Adamantina votou em sessão extraordinária realizada na manhã desta quinta-feira (9) o Projeto de Lei Nº 43, em que a Prefeitura de Adamantina buscou autorização para abertura de créditos suplementar e adicional ao orçamento municipal de 2018, no montante de R$ 4.024.795,88.
O acréscimo ao orçamento se deu por superávit e excesso de arrecadação, a partir de recursos destinados dos governos Federal e Estadual, onde há contribuição e participação dos vereadores, junto aos deputados estaduais e federais, agora consolidados.
Com a votação do projeto de lei – aprovado por unanimidade – a Prefeitura de Adamantina pode realizar as demais tratativas visando o recebimento de recursos financeiros, como a abertura de licitações, entre outras medidas.
Entre os destaques da suplementação, estão mais de R$ 2,5 milhões para a área sob gestão da Secretaria Municipal de Saúde, para a manutenção dos serviços de saúde, entre os quais a aquisição de três novas ambulâncias, ônibus para transporte de pacientes, equipamento odontológico, outros materiais e equipamentos, castramóvel, além de repasses adicionais a serem direcionados ao PAI Nosso Lar e APAE, a partir da ampliação e incremento do teto MAC (Média e Alta Complexidade) autorizado pelo Ministério da Saúde, bem como recursos de custeio para a Santa Casa. 
Para a área da Secretaria de Obras e Serviços, são R$ 980 mil, destinados em grande parte para obras e instalações e material de consumo. Para a Secretaria Municipal de Educação são R$ 263 mil.
Outras áreas também foram atendidas, em montantes menores, sendo R$ 5 mil para gabinete do prefeito, R$ 15 mil para Secretaria de Planejamento, R$ 91,5 mil para Secretaria de Finanças, R$ 75,9 mil para Secretaria da Administração, R$ 8,3 mil para Secretaria de Cultura, R$ 46,6 mil para Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social e R$ 16 mil para Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente.

Publicidade

Clinica Lu Applim

Publicidade

Youtube