Cidades

Professor Francisco Torturello é homenageado com o título de Cidadão Adamantinense

Honraria foi aprovada por unanimidade em sessão na Câmara Municipal de Adamantina.

Por: Da Redação atualizado: 22:32
Francisco Torturello, o Xykão, homenageado com o título de Cidadão Adamantinense (Redes Sociais). Francisco Torturello, o Xykão, homenageado com o título de Cidadão Adamantinense (Redes Sociais).

O professor Francisco Torturello, “Xykão” de 73 anos, atualmente diretor do Escritório de Desenvolvimento Regional em Presidente Prudente, vai receber o título de Cidadão Adamantinense.

A honraria foi aprovada por unanimidade em votação nesta segunda-feira (20), na Câmara Municipal de Adamantina, por meio do Projeto de Decreto Legislativo Nº 04 de 13 de Setembro de 2021, de autoria dos vereadores Hélio Santos (PL), Aguinaldo Galvão (DEM), Noriko Saito (PV), Cid Santos (DEM) e Ricardo Cangirão (DEM).

O Projeto, quando apresentado, recebeu pareceres favoráveis das comissões permanentes da Câmara Municipal, sendo votado e aprovado em plenário, nesta segunda-feira. Veja como foi a votação: 

A entrega do título depende agora da agenda do homenageado, a ser ajustada com a Câmara Municipal de Adamantina.

Nascido em Adamantina, porém registrado em Lucélia

Xykão é nascido em Adamantina, em 8 de março de 1948, no bairro rural Córrego da Onça, porém foi registrado em Lucélia. É filho de Pedro Torturello e Savéria Camilo Torturello, e teve dez irmãos. A família morou no Córrego da Onça de 1947 a 1961, e depois na área urbana da cidade.

O homenageado casou-se em 1971 com a professora Neide Izabel na Igreja Matriz de Santo Antônio. O casal de professores teve três filhas - Marusca, Priscila e Christiane - sendo que as duas mais velhas nasceram em Adamantina.

Ele cursou magistério no Instituto Educacional de Adamantina (IEA), concluindo o curso em 1972, e depois cursou o ensino superior e ciências na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Adamantina (Fafia), concluindo a formação em 1974. Mais adiante, também cursou química na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Arapongas (PR) e pedagogia na Universidade do Oeste Paulista (Unoeste).

Publicidade

Clínica Savi
Supermercado Godoy

Publicidade

Daiane Mazarin Estética
Rede Sete Supermercado
JVR Segurança

Em 1975 Xykão mudou-se para Osvaldo Cruz, para atuar no cargo de professor efetivo da Secretaria Estadual de Educação. No quadro público estadual também foi vice-diretor, diretor, supervisor de ensino e delegado de ensino. Na educação pública estadual ocupou essas funções no período de março de 1973 a março de 2004.

Além de lecionar na rede pública estadual, foi professor na Fundec/Unifadra, em Dracena, e nos colégios Posicruz e São Benedito, em Osvaldo Cruz, Anglo em Lucélia e Tupã e Objetivo, também em Tupã.

Em família: Xykão com a mulher Neide e as filhas Marusca, Priscila e Christiane (Redes Sociais).

Foi também assessor parlamentar na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, de 2009 a 2016, junto ao gabinete do deputado estadual Mauro Bragato, e na Câmara dos Deputados, junto ao gabinete do deputado federal Floriano Pesaro

Xykão foi diretor regional do Escritório Regional da Secretaria Estadual da Casa Civil, na 10ª Região Administrativa, de 2016 a 2018, e desde 2019 é diretor do Escritório de Desenvolvimento Regional, uma unidade de representação da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Regional que atende 53 cidades da 10ª Região Administrativa.

Desde 1995 mora em Presidente Prudente.

Publicidade

Cóz Jeans
Tio Panda Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais