Cidades

Prefeitura fecha praça para evitar passagens de veículos, mas medida dificulta acesso do público

Cordão de fechamento em praça gera reclamações sobre riscos e dificuldades de acesso ao local

Por: Da Redação atualizado: 28 de junho de 2019 | 13h37
Sem acesso: medida impede trânsito irregular de veículos em praça, mas também dificulta acesso de frequentadores, sobretudo deficientes, cadeirantes e pessoas de baixa mobilidade, como idosos, gestantes e obesos (Fotos: Siga Mais). Sem acesso: medida impede trânsito irregular de veículos em praça, mas também dificulta acesso de frequentadores, sobretudo deficientes, cadeirantes e pessoas de baixa mobilidade, como idosos, gestantes e obesos (Fotos: Siga Mais).

A recente implantação de cordões de isolamento com cabos de aço e correntes na Praça Prestes Maia (local onde ocorre a feira livre às sextas-feiras, nas proximidades do campus 1 da UniFAI), tem gerado reclamação entre frequentadores do local.

A medida foi adotada pela Prefeitura de Adamantina, com o objetivo de impedir o acesso de veículos no local, usado como atalho, entre aqueles que circulam pela região. Porém, a forma como foi instalada a barreira traz riscos e dificulta o acesso do público, em especial cadeirantes, deficientes e aqueles com baixa mobilidade.

Na praça, foram instalados correntes e cabos de aço, nos quatro pontos de acesso, nos dois sentidos da Alameda Hermenegildo Romanini e da Alameda Maria Cândida Romanini, que são abertos quando da realização da feira-livre, às sextas-feiras. Nos demais dias, o isolamento permanece fechado.

Segundo moradores ouvidos no local, o cabo de aço, por exemplo, pode trazer riscos de uma criança se ferir. Ao correr pelo local ou até mesmo em uma bicicleta, e eventualmente sem visualizar o cabo de aço, pode ser ferida diante de um contato brusco com o material.

Outro ponto reclamado pelos moradores é que a medida dificulta o acesso e a circulação de cadeirantes, deficientes e outras pessoas com baixa mobilidade, como idosos, gestantes e obesos.

Sem os quatro acessos em nível, pelas alamedas Hermenegildo Romanini e Maria Cândida Romanini, a única alternativa é acessar o espaço pela guia, em desnível, e ingressar no gramado que margeia a praça, para então atingir a área pavimentada.  (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Tio Panda Adamantina
Clínica Savi
2019 - O ano de Super Vantagens
Supermercado Godoy
Monalisa Adamantina

Publicidade

Rede Sete Supermercado
Haddad
Daiane Mazarin Estética
JVR Segurança

Prefeitura se manifesta

Procurada pelo SIGA MAIS, a Prefeitura de Adamantina se manifestou. Em resposta aos questionamentos, informou que “a medida foi adotada após reclamação dos usuários a fim de evitar que motos, carros, tratores e charretes usassem o espaço indevidamente e causassem acidentes, considerando que os mesmos estavam oferecendo riscos às crianças e demais frequentadores da praça”.  

Em relação à dificuldade de acesso à praça, sinalizou que deverão ser tomadas medidas de reparação desse problema. “Quanto à acessibilidade já estão programadas as adequações para possibilitar o acesso a todas as pessoas sem que haja nenhum tipo de risco aos frequentadores”.

A nota não detalha quais medidas serão adotadas nem informa prazo para sua execução.

Publicidade

Iogurtes Carolina

Publicidade

Auto Doc

Publicidade

Cinema
Clinica Lu Applim

Publicidade

Insta do Siga Mais