Cidades

Prefeitura e Vigilância Sanitária retiram 30 toneladas de lixo de casa e Osvaldo Cruz

Ação foi realizada com autorização judicial. Foram retirados 15 caminhões carregados de lixo.

Por: Assessoria de Imprensa | Prefeitura de Osvaldo Cruz atualizado: 22 de julho de 2019 | 18h28
Foram retirados 15 caminhões carregados de lixo da casa do idoso (Fotos: Assessoria de Imprensa/PMOC). Foram retirados 15 caminhões carregados de lixo da casa do idoso (Fotos: Assessoria de Imprensa/PMOC).

A Vigilância Sanitária e o Setor de Controle de Vetores com apoio das secretarias municipais de Operações Urbanas e Assistência Social fizeram a limpeza em um imóvel localizado na esquina da Avenida Max Wirth com a Rua Dr. Taves e retiraram aproximadamente 30 mil quilos de lixo (materiais inservíveis).

O único morador da residência, um idoso que mora sozinho, acumulou os detritos ao longo do tempo, o que levou a denúncias dos vizinhos à Vigilância Sanitária. Após inspeção ao local, a Prefeitura solicitou ao Poder Judiciário com ciência do Ministério Público a expedição de um alvará para que os funcionários municipais fossem ao local e limpassem o imóvel.

Com lixo no interior da casa, idoso não tinha espaço para circular (Foto: Assessoria de Imprensa/PMOC).

Materiais diversos retirados do local estavam depositados dentro da casa e no quintal (Foto: Assessoria de Imprensa/PMOC).

Com apoio da Polícia Militar, os servidores da Prefeitura precisaram de dois dias de serviço para completar a limpeza. A ação começou nesta quinta-feira (18) e terminou ontem (19).

Equipe trabalhou durante dois dias no local (Foto: Assessoria de Imprensa/PMOC).

A Vigilância Sanitária atestou, segundo o Coordenador José Carlos Stefani, que o acúmulo de lixo tornou a casa insalubre (que traz risco à saúde do morador e dos vizinhos) devido à possibilidade de criadouro de insetos e animais peçonhentos. A situação era tão precária que o morador usava fogo feito com os materiais do local para cozinhar e vivia no escuro, já que o imóvel é desprovido de energia.  (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Tio Panda Adamantina
2019 - O ano de Super Vantagens
Supermercado Godoy
Clínica Savi
Monalisa Adamantina

Publicidade

Haddad
JVR Segurança
Daiane Mazarin Estética
Rede Sete Supermercado

O volume de inservíveis era tamanho que o idoso não tinha quase espaço para circular no interior da casa. Foram necessárias 15 viagens de caminhões da Prefeitura desde o local da limpeza até o aterro municipal, para onde o lixo foi destinado.

A ação teve ciência do Conselho Municipal do Idoso, acompanhamento de técnicas da Secretaria de Assistência Social, que acompanhou o morador até o Centro Dia durante o trabalho de limpeza. O Centro Dia é um local da Prefeitura onde idosos permanecem durante parte do período para cuidados e convivência.

Remoção dos materiais foi autorizada pela Justiça (Foto: Assessoria de Imprensa/PMOC).

Quem tiver situação semelhante em algum ponto da cidade pode denunciar à Vigilância Sanitária local, cujo telefone é o (18) 3528-9507. A Vigilância funciona no prédio do antigo Fórum, na Praça Hermínio Elorza, no Centro e atende das 7h às 17h.

Publicidade

Iogurtes Carolina

Publicidade

Auto Doc

Publicidade

Clinica Lu Applim
Cinema

Publicidade

Insta do Siga Mais