Cidades

Prefeito e pró-reitor de pesquisas da UniFAI participam de evento na Guatemala

Adamantina é a única cidade brasileira com projeto aprovado no Euroclima+ 2019.

Por: Da Redação | Com informações de Daniel Torres/UniFAI atualizado: 16 de maio de 2019 | 09h29
Prefeito Márcio Cardim (DEM) e pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação do Centro Universitário de Adamantina Prof. Dr. José Aparecido dos Santos estão participando de um evento organizado pela União Europeia (UE) na Guatemala - país da América Central - sobre o Programa Euroclima+ (Fotos: Divulgação/Euroclima). Prefeito Márcio Cardim (DEM) e pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação do Centro Universitário de Adamantina Prof. Dr. José Aparecido dos Santos estão participando de um evento organizado pela União Europeia (UE) na Guatemala - país da América Central - sobre o Programa Euroclima+ (Fotos: Divulgação/Euroclima).

O prefeito de Adamantina, Márcio Cardim, e o pró-reitor de pesquisa do Centro Universitário UniFAI, José Aparecido dos Santos, estão na Guatemala (América Central) desde ontem (14), onde participaram do evento Euroclima+, organizado pela União Europeia (UE) em parceria com a GIZ [Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit, Agência Alemã de Cooperação Internacional] e a Expertise France [Agência Francesa de Perícia Técnica Internacional].

O Euroclima+ faz parte de um programa de cooperação regional entre a UE e a América Latina, com foco na produção resiliente de alimentos frente à mudança climática.

Segundo o prefeito, Adamantina é a única cidade brasileira com projeto aprovado no Euroclima 2019. “Realizamos um projeto num consórcio entre Brasil, Guatemala, Honduras e El Salvador, totalizando o valor de 4 mil Euros dos quais 25% será destinado para o projeto em Adamantina, em torno de 1 milhão de Reais”, escreveu o prefeito em suas redes sociais, na manhã desta quarta-feira (15).

Segundo Cardim, os 18 países da América Latina estão presentes no evento, que acontece na cidade guatemalteca de Antigua. Para ele, essa mobilização mostra preocupação com a produção de alimentos combinada com iniciativas e tecnologias que permitem preservar o meio ambiente, as nascentes, a saúde da população e deixar um futuro melhor para as gerações futuras.

Nesse desafio, a Prefeitura de Adamantina e a UniFAI se mobilizaram conjuntamente na apresentação de projeto e sua integração à iniciativa que envolve Brasil, Guatemala, Honduras e El Salvador. “É a união de planejamento, expertise e respeito ao dinheiro público que estamos avançando e buscando condições de aportes financeiros para aplicarmos em nosso município e região”, destacou. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Monalisa Adamantina
Clínica Savi
Supermercado Godoy
2019 - O ano de Super Vantagens

Publicidade

JVR Segurança
Rede Sete Supermercado
Daiane Mazarin Estética
Haddad

O projeto 

Ao longo de 2018, a UniFAI e a Prefeitura de Adamantina participaram de um consórcio internacional para elaborar uma proposta ao Edital de  Chamamento para o programa de Produção Resiliente de Alimentos (PRA) frente à mudança climática.

Além da UniFAI, integra também o consórcio o Centro Universitário de Oriente da Universidad San Carlos, na Guatemala, e a Comunidade Fronteiriça Trinacional Rio Lempa (Mancomunidad Trinacional Fronteriza Río Lempa, composto por nove municípios da Guatemala, El Salvador e Honduras).

Intitulada “Políticas Locais e mecanismos de articulação e implementação de parcerias público-privadas, para a produção resiliente de alimentos, em cadeias de valor agroalimentares no Trifínio da América Central e em Adamantina, Brasil”, a proposta apresentada e aprovada tem como alvo uma ação técnica abrangendo 500 produtores da categoria Agricultura Familiar dos quatro países componentes do grupo.

O Programa PRA financiará € 1 milhão (aproximadamente R$ 4,4 milhões) e as instituições participantes entrarão com uma contrapartida de 25% do total do projeto.

“Ao todo vamos atender 500 produtores, sendo 50 de Adamantina e os 450 de El Salvador, Guatemala e Honduras. O projeto fortalece o Programa de Políticas de Agricultura Familiar de Adamantina (PPAF) e dentro da UniFAI no desenvolvimento de pesquisas para aceleração da compostagem levando a diante o projeto de compostagem municipal que está em desenvolvimento”, salienta o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação do Centro Universitário de Adamantina Prof. Dr. José Aparecido dos Santos

 

Publicidade

Clinica Lu Applim
Cinema

Publicidade

Insta do Siga Mais