Cidades

Moradores criticam descarte de poda em área verde da Estância Dorigo, no local há mais de três meses

A partir de convênio, remoção dos galhos é de responsabilidade da Prefeitura de Adamantina.

Por: Da Redação atualizado: 23 de novembro de 2022 | 07h57
Resíduos de poda na área verde, conforme reclamação de moradores (Siga Mais, em 18/11/2022). Resíduos de poda na área verde, conforme reclamação de moradores (Siga Mais, em 18/11/2022).

Moradores da Estância Dorigo procuraram o SIGA MAIS neste mês informando sobre resíduos vegetais (galhos) provenientes de uma poda, depositados há mais de três meses na área verde do bairro. Após a queixa a reportagem esteve no local e confirmou os apontamentos.

A poda preventiva, de proteção à fiação do sistema elétrico, ocorreu na Rua Constante Ortolan. Um lado da via é formado por residências e no outro há a área verde onde ocorreu a ação e houve o depósito dos resíduos.

Publicidade

Supermercado Godoy
Daiane Mazarin Estética

Publicidade

JVR Segurança
Rede Sete Supermercado

As podas preventivas são realizadas pela concessionária de energia elétrica em locais onde há contato das árvores com a fiação de distribuição do sistema elétrico. A empresa tem convênio com o município de Adamantina, que é responsável pela remoção dos galhos, depois triturados e processados para produção de compostagem orgânica.

Resíduos de poda na área verde, conforme reclamação de moradores (Siga Mais, em 18/11/2022).

Essa ação de aproveitamento dos galhos ocorre a partir de parceria entre a concessionária e a Prefeitura local, implantada em 2019. Por meio do Programa de Eficiência Energética, a empresa adquiriu veículos e equipamentos e doou ao município, para a operação da atividade.

Publicidade

Nova Foto e Ótica
Cóz Jeans
Tio Panda Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais