Cidades

Grupo de Capoeira Estrela da Barra representa Adamantina em evento regional

Mestra Sara e professora Suelen foram homenageadas pelo exemplar trabalho que fazem na capoeira.

Por: Da Redação atualizado: 8 de agosto de 2019 | 11h15
Grupo de Capoeira Estrela da Barra representou Adamantina na 2° Copa Modelo Cidadania de Bastos (Foto: Cedida). Grupo de Capoeira Estrela da Barra representou Adamantina na 2° Copa Modelo Cidadania de Bastos (Foto: Cedida).

O Grupo de Capoeira Estrela da Barra representou Adamantina na 2° Copa Modelo Cidadania de Bastos. No evento, realizado na tarde do dia 3 de agosto, os adamantinenses, sob o comando da professora Suelen e da Mestra Sara, tiveram um ótimo desempenho, conquistando medalhas com os atletas Beatriz (2° lugar na categoria de 6 a 7 anos), Ana Clara (2° lugar na categoria de 11 a 12 anos) e Welles (3° lugar na categoria de 12 a 14 anos). Vale ressaltar ainda que a Mestra Sara e a professora Suelen, foram homenageadas pelo anfitrião Mestre Testa, por serem mulheres e pelo exemplar trabalho que fazem no mundo da capoeira.  (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Monalisa Adamantina
2019 - O ano de Super Vantagens
Clínica Savi
Tio Panda Adamantina
Supermercado Godoy

Publicidade

Daiane Mazarin Estética
Rede Sete Supermercado
JVR Segurança
Haddad

A capoeira em Adamantina, uma história de luta e resistência

A capoeira foi introduzida no município no início da década de 1980, pelo Mestre Aldo Francisco Baco Rubino. No começo, sem nenhum apoio governamental, Mestre Aldo ministrava as aulas nos gramados dos terrenos baldios da cidade. Apesar das dificuldades, Mestre Aldo seguiu firme com a sua missão na cidade Jóia, pois a capoeira nasceu da resistência, e aqui não seria diferente. Em 1990, a aluna Sara Rocha, pela dedicação e conhecimento dos fundamentos da nobre arte adquiridos através dos anos, recebeu o título de Mestre de Capoeira.

Hoje, quase 40 anos depois do começo de tudo, Mestra Sara dá continuidade ao trabalho iniciado por Mestre Aldo, fazendo da capoeira uma das suas metas de vida. Afinal, como ela mesma diz, a capoeira é uma atividade cultural que, além de inúmeros benefícios físicos, serve para tirar jovens de situações de risco, desenvolve a disciplina e o respeito aos semelhantes, combate o racismo e o preconceito, ensina o trabalho em grupo e defende a não violência.

A propósito, se depender da Mestra Sara, a capoeira se perpetuará em Adamantina, uma vez que os seus ensinamentos estão enraizados na sua família e seguirão fazendo história na cidade através da filha Suelen e dos queridos netos. Dentro dessa saudável filosofia de vida, vale lembrar que o Grupo de Capoeira Estrela da Barra segue atuando firme no Jardim Adamantina, no Jardim Brasil, no Jardim Bela Vista e no Jardim Paulista.

Detalhe 1: em 2014, a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciências e Cultura) declarou a roda de Capoeira como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Detalhe 2: A Prefeitura e as Associações de Bairro de Adamantina têm, dentro das suas possibilidades, apoiado o Grupo de Capoeira Estrela da Barra.

Professora Suelen exibe o troféu conquistado na competição (Foto: Cedida).

  

Publicidade

Iogurtes Carolina

Publicidade

Auto Doc

 

Publicidade

Clinica Lu Applim
Cinema

Publicidade

Insta do Siga Mais