Cidades

Frente fria derruba temperatura a 9,8 °C em Adamantina

Segundo a previsão do tempo, semana que se inicia segue com tendência de baixas temperaturas.

Por: Da Redação atualizado: 25 de maio de 2020 | 15h08
Temperaturas em baixa devem permanecer durante a semana que se inicia (Ilustração). Temperaturas em baixa devem permanecer durante a semana que se inicia (Ilustração).

A frente fria que desde quinta-feira (21) se aproximou da região derrubou as temperaturas para a mínima de a 9,8 °C em Adamantina, no intervalo entre 7h de sábado (23) às 7h de domingo (24).

Os números são da estação meteorológica automática do CIIAGRO (Centro Integrado de Informações Agrometeorológicas) instalada na sede da APTA Regional (Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios), localizada o bairro rural Estrada 14, em Adamantina. O período de 24h é medido sempre às 7h da manhã. 

Porém, a temperatura mínima deste fim de semana não foi a mais baixa dos últimos 7 dias. Segundo dados do CIIAGRO, das 7h de segunda-feira (18) às 7h de terça-feira (19), a mínima foi de 8,9 °C. Já no período anterior, entre 7h de domingo (17) às 7h de segunda-feira, a mínima foi de 9 °C.

(Reprodução: CIIAGRO).

A frente fria também trouxe chuva, com volume de 58,9 mm, na noite de sexta-feira (22). A mudança no clima, neste fim de semana, é decorrente de uma combinação de muita nebulosidade e a entrada do ar gelado de origem polar.

Segundo o INMET (Instituto Nacional de Meteorologia), a nova semana que se inicia deve continuar com temperaturas baixas.  (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Clínica Savi
Supermercado Godoy

Publicidade

Daiane Mazarin Estética
JVR Segurança
Rede Sete Supermercado

Temporal em Pracinha

Na sexta-feira a frente fria provocou um temporal que atingiu Pracinha, onde 85 mm de chuva e grazino causaram estragos em imóveis públicos e particulares da cidade. Foram cerca de 15 minutos de granizo e mais 40 minutos de forte chuva.

Forte chuva com granizo causou estragos em Pracinha (Cedida/Prefeitura de Pracinha).

Como saldo do temporal, ao menos três casas tiveram o telhado arrancado por completo e outras parcialmente, além de queda de arvores e da energia elétrica. Parte do muro da piscina pública e do cemitério municipal caiu. O telhado da creche municipal “Mundo Encantado” também foi danificado.

Três famílias que perderam suas casas, móveis e utensílios estão abrigados em residências de parentes e vizinhos.

A Defesa Civil da cidade acionou o Estado para auxílio aos desabrigados.  O prejuízo total ainda deve ser calculado pela Prefeitura e informado à Defesa Civil do estado de São Paulo (veja mais).

Publicidade

Cinema
Clinica Lu Applim

Publicidade

Insta do Siga Mais