Cidades

Após reportagem do Siga Mais, UniFAi anuncia atividades nas unidades móveis de saúde para fevereiro

Atendimentos devem se iniciar em fevereiro, fortalecendo o curso de Medicina da UniFAI.

Por: Da Redação | Com informações da UniFAI atualizado: 26 de janeiro de 2020 | 10h17
Interior do consultório móvel, instalado em container. São seis unidades dessas, na cidade (Foto: UniFAI). Interior do consultório móvel, instalado em container. São seis unidades dessas, na cidade (Foto: UniFAI).

Em release à imprensa distribuído pelo Centro Universitário de Adamantina UniFAI, a instituição anuncia o início das atividades das unidades móveis de saúde para fevereiro. A estrutura de atendimento está instalada em seis containers que foram recebidos sem carreata, na cidade, em setembro do ano passado, o que foi objeto de reportagem nesta semana no Siga Mais (reveja).

Na publicação, o Siga Mais previamente à instituição sua posição sobre os dispositivos. Em resposta sintética, a UniFAI se limitou a responder que os containers estavam em fase final de instalação – elétrica e hidráulica – e que seriam colocados em funcionamento no primeiro semestre deste ano.

Nota enviada pela UniFAI ao Siga Mais, no começo da semana, sobre os contâiners (Reprodução).

O investimento da UniFAI nessa modalidade de estrutura teve o custo total de R$ 373.670,00, sendo R$ 343.000,00 na aquisição dos containers e outros R$ 30.670,00 empregados na confecção de 424 metros quadrados de base de concreto para acomodá-los junto às unidades de saúde.

Agora, após a reportagem do Siga Mais e dada a repercussão que o tema alcançou, anuncia o início de funcionamento das unidades móveis de saúde para fevereiro. A seguir, publicamos na íntegra o release distribuído à imprensa pela UniFAI, em texto produzido pelo diretor da divisão de comunicação da autarquia, Daniel Torres.

Em fase final de instalação, Unidades Móveis de Saúde aumentarão número de atendimentos no município

Os cursos da área de Saúde do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI), entre eles Medicina, receberam no final do ano passado um reforço para o desenvolvimento dos estágios e do Internato. Seis consultórios médico móveis (contêineres) equipados e climatizados serão utilizados para o atendimento à população na atenção básica.

Os consultórios já estão em fase final de instalação em diversas Unidades Básicas de Saúde e Santa Casa de Adamantina. O foco principal dessa ação é propiciar uma estrutura adequada para o desenvolvimento prático dos estudantes e, como consequência, ampliar a capacidade de atendimento à população de Adamantina e microrregião.

(Foto: UniFAI).

Após conferência de recebimento, as unidades estão sendo finalizadas com os últimos retoques necessários para iniciar seu funcionamento conforme o calendário escolar da Instituição, em fevereiro de 2020. Nesta fase, os contêineres têm recebido instalações hidráulicas e elétricas e o mobiliário.

Além dos Postos de Saúde dos bairros Cecap, Mario Covas, Jardim Brasil, Jardim Adamantina, 9 de Julho e Lagoa Seca, a Santa Casa foi contemplada. O reitor da UniFAI Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva, o coordenador do curso de Medicina Prof. Dr. Miguel Ângelo De Marchi, o prefeito de Adamantina Márcio Cardim (DEM) e o secretário municipal de Saúde Gustavo Taniguchi Rufino se demonstram muito satisfeitos com a aquisição dessas unidades e manifestam suas considerações sobre a importância delas para o ensino e para o aumento do número de atendimentos à população.

“As unidades irão aumentar o atendimento à população, fortalecer ainda mais o curso de Medicina da UniFAI e promover maior avanço do Internato e estágios”, enfatizou o coordenador de Medicina.

(Foto: UniFAI).

Para ele, a aquisição das Unidades Móveis de Saúde representa uma “enorme evolução” e tudo tem seguindo “conforme o planejamento estratégico do cronograma escolar estipulado”. “Solicitamos a aquisição dessas Unidades Móveis para que o Centro Universitário possa oferecer uma atividade de maior atendimento médico para a população, por isso é fundamental a parceria com o município. A finalidade dessas unidades é oferecer mais salas para atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). A partir de agora estamos com nossos internos dentro das UBSs e existem poucas salas de atendimento, daí a funcionalidade dos contêineres, que vão facilitar mais consultas e mais pessoas serão atendidas”, relatou De Marchi.

Nas Unidades Básicas que não contam com o Internato, a ideia é fazer estágios através de uma escala semanal de atendimentos. “Vamos deslocar nossos alunos que atenderão como se fosse num Centro de Saúde mesmo. Foi fundamental a aquisição desses contêineres, porque foi uma forma rápida de, ao invés de construir ou adaptar outros espaços, eles serão verdadeiras salas de consulta e atenderão todos os requisitos necessários. Eles têm água, esgoto, luz, ar-condicionado. Essa adequação está na fase final, de acordo com o ritmo da legislação de uma Autarquia Municipal. Tudo isso será muito importante para a UniFAI, para a Medicina, para a população de Adamantina e para a Prefeitura, pois aumentará o número de atendimentos a toda a comunidade, além de promover um avanço significativo na qualidade do nosso curso”, argumentou o coordenador de Medicina. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Tio Panda Adamantina
Supermercado Godoy
Clínica Savi

Publicidade

Rede Sete Supermercado
JVR Segurança
Daiane Mazarin Estética
Dra Maria Gabriela Tiveron
Haddad

Depois das adequações estruturais e do cumprimento das disposições da legislação vigente, os atendimentos à população nos Consultórios Móveis se estenderão por diversos bairros. “Adamantina foi audaciosa ao implantar a Faculdade de Medicina. O menor município do Brasil a criar este curso. Parabenizo o reitor da UniFAI, Paulo Sergio e toda a sua equipe pelo excelente trabalho à frente da Instituição, principalmente pelos resultados executados à frente do curso de Medicina. A parceria entre UniFAI e Prefeitura está possibilitando várias melhorias no atendimento à população, nos postos de saúde, no Pronto-Socorro, com recurso conquistado para sua reforma, na Santa Casa de Adamantina, no Centro Integrado de Saúde (CIS), na realização de exames, em alguns casos zerando a fila de espera de anos, na construção de dez leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que em breve estará em funcionamento, entrega das Unidade Básica de Saúde (UBS) da Cecap e Mario Covas e, em breve, a inauguração da UBS do Jardim Brasil. Isso tudo está acontecendo graças à confiança e credibilidade que a população deposita na gestão da Prefeitura, Santa Casa e Judiciário”, pontuou o prefeito Márcio Cardim.

(Foto: UniFAI).

Já o secretário de saúde de Adamantina, explicou que esses consultórios estão sendo instalados adequadamente e cumprindo o planejamento para começar a funcionar no mês de fevereiro, conforme acertado com a coordenação do curso de Medicina da UniFAI, por ser esse o momento no qual se inicia a maior parte dos estágios do curso. “Com toda certeza a população de Adamantina só tem a ganhar com a presença dessas Unidades Móveis de Atendimento à Saúde, já que esses atendimentos serão muito eficazes e de excelente qualidade, num ambiente totalmente climatizado fazendo com que o acolhimento à nossa população seja maior ainda que o estágio atual. Esta é mais uma parceria de grande sucesso entre Prefeitura e UniFAI. Estamos, com toda a certeza, muito realizados com mais este avanço que, juntamente com outras conquistas, faz com que vivamos um momento de progresso jamais visto em nosso município na área da Saúde”, destacou Rufino.

O reitor da UniFAI afirmou que 2019 foi um ano de muitas realizações para a Instituição e a aquisição das Unidades Móveis, ainda no ano passado, foi uma das principais conquistas. “Iniciamos todo o processo de recebimento desse material no final do ano que se passou e, agora, após o recesso, retomamos as obras de instalações. De acordo com o calendário acadêmico da Instituição, os atendimentos estão programados para serem iniciados em fevereiro”, garantiu.

Segundo o Prof. Dr. Paulo Sergio, essas unidades aumentarão o número de atendimentos, proporcionando aulas práticas e ensino de qualidade aos alunos. “Gostaria de agradecer a toda equipe que trabalhou e está trabalhando para tornar possíveis esses novos atendimentos. A Prefeitura, Secretaria de Saúde e Coordenação do curso de Medicina da UniFAI e nossos funcionários de Saúde não têm medido esforços para acelerar esse processo. Sabemos da necessidade do curso de Medicina para fazer esses atendimentos e o quanto a população deseja isso, portanto, só tenho a agradecer e elogiar o trabalho das pessoas que estão próximas a nós diariamente, pois são essas pessoas que trabalham diariamente para um ensino e um país melhor. É uma conquista dos nossos alunos e da comunidade, não apenas da UniFAI, tampouco de uma ou outra pessoa em especial. Trata-se de um processo no qual todos estamos juntos, UniFAI, Executivo, Legislativo, Judiciário, Santa Casa e toda a sociedade civil de Adamantina. Vamos continuar incansavelmente fazendo a UniFAI avançar com apoio e clima de positividade”, concluiu o reitor.

(Foto: UniFAI).

Publicidade

Cinema
Clinica Lu Applim

Publicidade

Insta do Siga Mais