Cidades

Após ampla resistência a ativar redes sociais, Prefeitura se rende e lança perfis na internet

Prefeitura cria contas no Twitter, Facebook e Instagram.

Por: Da Redação atualizado: 1 de março de 2021 | 18h52
Tela inicial da nova fanpage da Prefeitura de Adamantina (Reprodução). Tela inicial da nova fanpage da Prefeitura de Adamantina (Reprodução).

A “Prefeitura de Adamantina está nas redes sociais”. É com esse título que o poder executivo municipal abre a nota à imprensa divulgada nesta sexta-feira (26), também publicada em seu site, que informa sobre a ativação de perfis institucionais da Prefeitura no Twitter, Facebook e Instagram.

Com amplo atraso na ocupação desse espaço – diferente do que já realizam a grande maioria das prefeituras brasileiras e na região – a cidade, que é Município e Interesse Turístico (MIT) estava fora desse ambiente estratégico de interação e diálogo, seja pelas publicações que o poder público agora pode fazer, diretamente em seus canais, ou pelas possibilidades facilitadas, agora, aos cidadãos.

A falta de iniciativa, nesse sentido, no atual governo municipal – que ingressa em 2021 no seu quinto ano de gestão – teve tentativas externas de sensibilização do prefeito, para a importância desse tema, sem sucesso.

Na legislatura anterior (2017/2020), a Câmara Municipal apresentou a Indicação Nº 519/18, de 03 de setembro de 2018, do vereador à época,  Acácio Rocha, solicitando a reativação de publicações na fanpage oficial da Prefeitura de Adamantina, no Facebook, onde a última atualização da mesma ocorreu em janeiro de 2017. A indicação é uma sugestão, que não foi acolhida pelo prefeito, à época.

Sem sucesso na Indicação individual, e agora de forma unânime, todos os vereadores apresentaram conjuntamente o Requerimento Nº 158/19, de 20 de maio de 2019, onde foram requisitadas informações para saber se o prefeito tinha interesse em reativar as redes sociais da Prefeitura. O requerimento exige resposta obrigatória, que foi recebida dias depois, conforme o Ofício Nº 382/2019/GAB, de 4 de junho de 2019.

(Reprodução).

No documento, o prefeito se limitou a informar que a Prefeitura tem seu site oficial, onde divulga suas ações, e abastece a imprensa, “o que demonstra que os serviços de informação ora utilizados atendem com eficiência e profissionalismo ao direito ao acesso à informação a todos os cidadãos”. Veja:

A última tentativa dos dois vereadores, que insistiam na necessidade de poder público municipal criar um ambiente de interação e diálogo nas redes sociais foi o Projeto de Lei N° 52/2019 que previa a obrigação ao poder executivo municipal de divulgar suas atividades (notícias, informativos, campanhas, avisos, comunicados e outras iniciativas de interesse público) nas redes sociais de maior relevância entre o público.

O projeto de lei tramitou na Câmara, recebeu os pareceres favoráveis e entrou em votação, aprovado por unanimidade no dia 7 de outubro de 2019, sendo encaminhado ao prefeito, que vetou na íntegra, reafirmando sua posição contrária ao uso das redes sociais. De volta para a Câmara, por 5x4, o veto do prefeito, por sua vez, foi mantido.

O que os vereadores argumentaram no projeto de lei

Na mensagem que acompanha o projeto de lei, os vereadores autores destacam os objetivos da iniciativa. “As redes sociais são parte das diversas ferramentas de comunicação que estão disponíveis na Internet, por meio das quais as pessoas ou organizações, compartilham informações, conhecimentos, interesses e objetivos comuns” informa o texto. “Assim, faz-se necessário institucionalizar instrumentos no âmbito do Poder Executivo Municipal que garantam a ocupação das redes sociais pela organização municipal, e nelas promover importante relacionamento com o cidadão”, continua.

Em outro ponto da mensagem, os autores destacam que a Prefeitura já produz conteúdo e abastece seu site oficial e a imprensa, e que seria relativamente simples levar esse mesmo conteúdo às redes sociais. “Importante destacar que a Administração Municipal já produz conteúdo, porém não abastece suas próprias redes sociais, entendendo assim tratar-se apenas de ausência de iniciativa e determinação que defina essa nova prática, a qual reconhecemos ser salutar, positiva, de reforço à transparência e à participação cidadã. Valida-se, oportunamente, que tal prática pretendida por esta Legislação não gera novas despesas, em razão da já existência de profissional de comunicação social no quadro permanente e do uso das redes sociais de maneira gratuita franqueada às organizações e aos cidadãos pelos provedores desses serviços”, completa.

Em relação à divulgação da imagem positiva da cidade, em razão de ser MIT, os vereadores também argumentaram na mensagem do projeto de lei. “Outro fator relevante, de tal necessidade de presença oficial da Prefeitura do Município de Adamantina, nas redes sociais, se justifica pela necessidade estratégica diante da promoção positiva da imagem, identidade e valores de Adamantina, preconizados pela condição de Município de Interesse Turístico (MIT) e estabelecidas no Plano Diretor de Desenvolvimento do Turismo, para Adamantina”. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Clínica Savi
Supermercado Godoy

Publicidade

JVR Segurança
Rede Sete Supermercado
Daiane Mazarin Estética

Para melhor, enfim, administração municipal muda o discurso

Depois de toda essa trajetória, a Prefeitura de Adamantina apresenta um novo discurso, que reproduz, textualmente, os esforços das tentativas anteriores, como a própria mensagem do projeto de lei que tramitou em 2019. “Com contas oficiais no Twitter, Facebook e Instagram, o objetivo é tornar públicas e transparentes as informações institucionais, além de aproximar a gestão municipal da população”, informa o texto publicado em seu site e distribuído à imprensa. “Na página todos podem ficar sabendo das notícias em tempo real, com total segurança e transparência. Lá também serão permitidos comentários e sugestões para uma administração mais próxima dos adamantinenses”, ressalta agora a Prefeitura.

No Facebook, a Prefeitura criou uma nova página e começa agora a formar público, desprezando assim uma fanpage com quase 8 mil seguidores. Apesar de positiva a ocupação desse espaço, a nova página, descontinuada, deixa para trás o conteúdo nela publicado.

Prefeitura de Adamantina, agora nas redes socais (Da Assessoria).

Nessa nova percepção, a nota destaca ainda a importância das redes sociais nesse período de pandemia, com o desafio de promover uma comunicação objetiva, dinâmica e por fonte segura. “Especialmente em tempos de pandemia, as redes sociais são atualmente o maior canal de comunicação e informação. Para isso, foram estruturadas equipes para apoio no gerenciamento. As contas foram criadas em plataformas gratuitas”

De acordo com a nota, a administração das redes da Prefeitura ficará ao encargo das secretarias de gabinete e cultura, visando além da informação institucional, à divulgação de demais pautas objetivando fomentar o turismo no município, vez que Adamantina é MIT. Essa condição ligada ao turismo, e à necessidade de promover a imagem da cidade, aspecto estratégico também argumentado pelos vereadores.

Aquilo que foi pretendido pelos vereadores, desde 2018, sem sucesso, agora é reiterado pelo prefeito, conforme a nota distribuída à imprensa, onde explica que é essencial que a população esteja bem informada sobre o trabalho que os servidores municipais realizam, além das medidas tomadas pela administração. “É condição básica a uma gestão democrática e transparente que a população esteja bem informada sobre as ações do governo, para que possa cobrar e exercer sua cidadania", diz Cardim.

Antes contrário ao uso das redes sociais pela Prefeitura, prefeito é usuário ativo (Reprodução).

Segundo diz o prefeito, agora – continua a nota –, as redes sociais representam um espaço a mais de contato do governo com a população. "Queremos estar cada vez mais próximos da população. As redes sociais são um avanço nesse sentido. Um novo espaço democrático, aberto ao diálogo", afirma.

Quanto aos conteúdos, a Prefeitura informa que nas redes sociais oficiais serão realizadas postagens diárias como vagas de emprego do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), ações e eventos das secretarias, dicas e orientações sobre diversos assuntos, e posts de matérias publicadas em seu site oficial.

Além disso – diz agora a Prefeitura – as páginas entregam diariamente informações relacionadas aos serviços prestados pela administração, responde dúvidas dos munícipes, encaminha ideias e solicitações, entre outros serviços.

Publicidade

Insta do Siga Mais

Publicidade

Cinema