Cidades

Adamantinense Izabela Rodrigues vai às finais dos Jogos Olímpicos de Tóquio

Ela disputa a final do lançamento de disco na segunda-feira (2), dia do seu aniversário de 26 anos.

Por: Da Redação | Com informações da Confederação Brasileira de Atletismo atualizado: 1 de agosto de 2021 | 21h37
Izabela Silva, lançamento do disco  (Wagner Carmo/CBAt). Izabela Silva, lançamento do disco (Wagner Carmo/CBAt).

A atleta adamantinense Izabela Rodrigues da Silva classificou-se nesta sexta-feira (30) à noite, no horário de Brasília, para as finais do lançamento de disco na Olimpíada de Tóquio, no Estádio Olímpico do Japão.

Izabela, campeã mundial sub-20 em 2014, em Eugene, nos Estados Unidos, conseguiu a última vaga para a final na qualificação, terminando na 12ª posição, com 61,52 m. “Estou muito feliz e ganhei o melhor presente possível de aniversário”, disse a paulista, que completa 26 anos na segunda-feira (28), quando voltará ao Estádio Olímpico para a final. “Estreei na Olimpíada tranquila demais, até estranhei. Espero estar assim também na segunda-feira.”

Izabela, na sua estreia nos Jogos Olímpicos (Foto: Wagner Carmo/CBAt)

Depois de 2014, Izabela teve várias lesões. “Tive desânimo e vontade de parar de treinar. Fiz cirurgia de apendicite em 2015 e ali foi difícil para recuperar. Foi difícil recuperar o ânimo para poder lançar, pegar o corpo que eu queria. Estava meio que satisfeita de só ficar no Brasil lançando. Mas, quando descobri que o Japão sediaria os Jogos, dei a vida para estar aqui. É o meu país favorito desde que eu era pequena, sempre foi um sonho vir para cá. Gosto de tudo daqui: pessoas, comida e cultura”, concluiu. Veja a entrevista dela à TV Globo, logo após a confirmação da classificação: 

O Brasil teve outras duas atletas no disco. A paraibana Andressa Oliveira Morais terminou em 13º lugar no grupo B e em 21º no geral, com 58,90 m. Já a gaúcha Fernanda Borges ficou na 10ª colocação no grupo A e na 24ª na geral, com 57,90 m.

Publicidade

Clínica Savi
Supermercado Godoy

Publicidade

Daiane Mazarin Estética
JVR Segurança
Rede Sete Supermercado

Os primeiros passos no atletismo, em Adamantina

Izabela competidora foi iniciada no atletismo em Adamantina e atua profissionalmente pelo IEMA (Instituto Elisângela Maria Adriano), de São Caetano do Sul. É campeã sul-americana (2021) na modalidade que disputa. Sua mais recente competição, antes de embarcar para o Japão, foi o troféu Brasil, em junho, onde conquistou medalha de ouro com a marca de 59,45m.

A atleta olímpica era aluna do ensino fundamental na Escola Estadual Prof. Durvalino Grion, em Adamantina. Na quadra esportiva, em meio às atividades de educação física, seu movimento, estrutura e interesse foram percebidos pelo olhar atento do professor Pedro Milanezi.

Os primeiros testes foram casuais, inicialmente com arremesso de peso, na própria escola, onde já mostrou força e impulso. 

Identificada a habilidade, ela foi encaminhada por Milanezi para treinar com o colega, professor Domingos Carmo Rocetão, em atividades de iniciação ao atletismo desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer.

Publicidade

Tio Panda Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais