Cidades

Adamantinense defende mestrado na USP

Rafael Teixeira Sebastiani analisou estratégias visando reduzir a judicialização na saúde.

Por: Da Redação atualizado: 11 de julho de 2024 | 18h29
Rafael com sua banca: Prof. Dr. Rogerio Nogueira de Oliveira, Profa. Dra. Camila Cristina Bortolozzo, ambos da USP, e a Profa. Dra. Fernanda Stefani Butarelo, do Centro Universitario de Adamantina (Cedida). Rafael com sua banca: Prof. Dr. Rogerio Nogueira de Oliveira, Profa. Dra. Camila Cristina Bortolozzo, ambos da USP, e a Profa. Dra. Fernanda Stefani Butarelo, do Centro Universitario de Adamantina (Cedida).

O adamantinense Rafael Teixeira Sebastiani defendeu sua dissertação de mestrado na tarde desta quarta-feira (10) pelo Programa de Mestrado Profissional Formação Interdisciplinar em Saúde na Universidade de São Paulo (USP).

Intitulada “Comissão de Avaliação Técnica Interprofissional como estratégia de mediação sanitária e redução da judicialização da saúde”, sua dissertação consistente em uma análise quantitativa das estratégias empregadas visando a redução da judicialização da saúde em um município do interior paulista, sob a orientação do Prof. Dr. Rogério Nogueira de Oliveira.

Publicidade

Dr. Paulo Tadeu Drefahl | Cirurgião Plástico
Supermercado Godoy

Publicidade

JVR Segurança
Rede Sete Supermercado

A pergunta de pesquisa foi confirmada pela análise dos dados realizada pelo Centro de Estatística Aplicada do Instituto de Matemática e Estatística da USP (CEA/IME-USP), demonstrando a efetividade da comissão interprofissional na redução da judicialização da saúde.

Compuseram a banca da dissertação o orientador Prof. Dr. Rogerio Nogueira de Oliveira, a Profa. Dra. Camila Cristina Bortolozzo Ximenes de Souza, ambos da USP, e a Profa. Dra. Fernanda Stefani Butarelo, do Centro Universitário de Adamantina.

“A interdisciplinaridade do programa contemplou a possibilidade de estudar o Direito nos cenários de prática de saúde pública, culminando neste objeto de estudo que se confirmou com a pesquisa e se torna, agora, um modelo que pode ser replicado nos municípios brasileiros visando a efetividade administrativa e a redução da judicialização”, destaca o novo Mestre pela USP.

Publicidade

Cocipa - Hiper Cliente Feliz
Daiane Mazarin Estética

Conforme a Plataforma Lattes, Rafael Teixeira Sebastiani é Graduado em Direito (2013), pós-graduado em Direito Constitucional (2016) e em Direito Tributário (2023). É Procurador Jurídico efetivo na Prefeitura Municipal de Bastos desde 2017. É presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da 59 Subseção da OAB/SP e membro da Comissão de Estágio e Exame de Ordem (CEEO) da OAB/SP. Pesquisador da CJB - Cátedra José Bonifácio do CIBA/USP - Centro Ibero-americano e vinculado ao IRI - Instituto de Relações Internacionais da USP desde 2021. É professor do Centro Universitário de Adamantina e da Faculdade Reges de Osvaldo Cruz/SP. Agora, Mestre pela USP. 

Publicidade

P&G Telecomunicações
Shiba Sushi Adamantina
Cóz Jeans

Publicidade

Insta do Siga Mais