Tecnologia

Segurança na internet: aprenda a identificar sites falsos

Especialista reúne dicas e orientações para não cair em armadilhas virtuais.

Carlos Schults | carlos@carlosschults.net Colunista
Carlos Schults | carlos@carlosschults.net
Segurança na internet: aprenda a identificar sites falsos

A internet é uma ferramenta essencial atualmente. Seja para estudar, fazer negócios ou se divertir, é difícil imaginar uma vida desconectada em 2020, ainda mais quando levamos em consideração a pandemia pela qual estamos todos passando.

Mas nem tudo são flores. Tudo tem seu lado ruim, e com a internet não seria diferente. Ela pode ser dádiva, ao nos dar a possiblidade de nos conectar com amigos e familiares distantes, aprender coisas novas, e nos divertir com os filmes e músicas que amamos. Mas a internet também pode ser maldição, causadora de problemas e prejuízos diversos.

No artigo de hoje, vamos falar sobre um tipo específico de problema que você pode cair se não tomar cuidado: sites falsos. Após ter lido o texto, você terá informações suficientes sobre este tipo de fraude para não se tornar a próxima vítima.

Vamos lá.

Sites falsos: o que são?

Por “sites falsos” nós nos referimos a sites que se fazem passar por sites genuínos e conhecidos. A intenção é fazer com que o visitante desavisado compartilhe seus dados com o site, principalmente informações críticas como dados bancários e número do cartão de crédito.

Os sites fraudulentos geralmente copiam o visual dos sites verdadeiros, e então anunciam ofertas com preços muito abaixo do normal. E aí que muitas pessoas, na tentativa de garantir aquela TV nova ou aquele iPhone tão desejado, acabam deixando os cuidados em segundo plano e dão os dados de bandeja para os farsantes.

Identificando sites falsos

Algumas imitações são bem feitas; outras, no entanto, são mais desleixadas. Porém, de um modo geral, existem sinais fáceis de verificar que indicam se um site é mesmo o que afirma ser. Fique de olho nas dicas:

Verifique o endereço do site

Sites falsos mudam o endereço (URL) do site. Então, sempre confira se o endereço está correto, sem substituição de alguma letra por número, ou qualquer outra alteração. Na dúvida, pesquise no Google para saber o endereço correto.

Desconfie de promoções com preços absurdos

Se um determinado produto é vendido por quatro mil reais, e de repente está por R$900, provavelmente tem algo estranho acontecendo. Como diz o ditado: quando algo parece bom demais para ser verdade, geralmente é.

Quando você se deparar com um produto por valor aparentemente imperdível, controle seus impulsos, use o bom senso e verifique o site para não cair em uma cilada.

Verifique se a conexão é segura

Sites que lidam com informações sensíveis (como dados bancários) precisam usar uma conexão segura, usando o protocolo HTTPS. Para fazer essa verificação, veja se o endereço do site começa com https:// e se o navegador mostra um símbolo de cadeado próximo ao endereço:

Busque pela reputação do site usando a ferramenta do Google

O Google disponibiliza uma ferramenta que permite a verificação de URLs. Dessa forma, você pode buscar qualquer site e descobrir, em segundos, se existe algum incidente de segurança relacionado a ele.

Para acessar a ferramenta, acesse o site: https://transparencyreport.google.com/safe-browsing/search. Depois, digite ou cole o endereço que deseja verificar na caixa onde está escrito Search By URL.:

Depois disso, é só clicar no ícone da lupa ou pressionar ENTER. Caso o resultado seja como na imagem a seguir, você não tem nada com o que se preocupar:

Conclusão

Um tema bastante comum aqui na coluna Tecnologia do Portal Siga Mais são as fraudes feitas com o auxílio da tecnologia. Um dos artigos que mais repercutiu foi justamente aquele no qual eu alertei e dei recomendações para evitar ser vítima da famosa “clonagem” de WhatsApp.

Infelizmente, o que não falta no mundo são indivíduos mal-intencionados à procura da próxima vítima. E assim, a criatividade, que poderia—e deveria—ser usada para o bem comum acaba se tornando ferramenta útil para prejudicar outras pessoas em busca de ganho pessoal.

No artigo de hoje, nós abordamos um dos tipos de fraudes mais comuns na internet: sites falsos. Agora, você sabe as características desse tipo de site fraudulento e é capaz de proteger seus dados quando se deparar com um deles.

Você conhece alguma pessoa que se beneficiaria da leitura deste texto? Então eu peço que, por favor, compartilhe este artigo com ela. Tem alguma dúvida a respeito de tecnologia? Escreva para a gente! Envie um e-mail para carlos@carlosschults.net e nós responderemos sua dúvida nesta coluna.

Obrigado pela leitura, e até a próxima.

Carlos Schults. Consultor em tecnologia da informação, desenvolvedor e autor técnico. 

Publicidade

Cinema

Publicidade

Insta do Siga Mais