Tecnologia

Acabou o suporte para o Windows 7. E agora?

A pergunta que fica para muitos usuários é: e agora? O que fazer?

Carlos Schults Colunista
Carlos Schults
Acabou o suporte para o Windows 7. E agora?

No último dia 14 de janeiro a Microsoft encerrou oficialmente o suporte ao Windows 7, após mais de uma década de seu lançamento. O sistema operacional, lançado em 2009 com a não tão difícil missão de substituir o nada querido Vista, provou-se um enorme sucesso. Mesmo com a introdução do Windows 8 em 2012 e do Windows 8.1 no ano seguinte, o Windows 7 continuou sendo o sistema operacional mais usado em computadores desktop até o final de 2018.

Porém, mesmo coisas boas chegam ao fim, e o Windows 7 não é exceção. A pergunta que fica para muitos usuários é: e agora? O que fazer?

Hoje vamos responder às perguntas acima e mais, esclarecendo como você, usuário final, é afetado por isso. Vamos lá?

Seu computador com Windows 7 não vai parar de funcionar

Muitas pessoas estavam (ou estão) preocupadas, pensando que seus computadores com Windows 7 seriam bloqueados ou algo do tipo. Pode respirar tranquilamente, porque isso não vai acontecer.

Se você atualmente usa o Windows 7, já percebeu que seu computador não parou de funcionar dia 21. E nem vai. Os computadores com Windows 7 continuarão a funcionar normalmente, por tempo indeterminado.

Ok, então isso significa que você deve continuar usando o Windows 7? Preferencialmente, não. Mas para entender o porquê, é necessário antes entender o que vem a ser este tal de “suporte” que estamos falando, e as consequências do seu término.

Entendendo “Suporte” e o que seu fim significa

Um programa de computador também precisa de manutenção, mesmo não sendo um produto físico, como seu carro. Um programa enorme e complexo como um sistema operacional precisa de “consertos” constantes, principalmente atualizações de segurança. Funcionários da Microsoft trabalham o tempo todo localizando problemas no Windows e solucionando esses problemas na forma de atualizações de segurança. Sem essas atualizações, pessoas mal-intencionadas podem explorar as falhas de segurança para proveito próprio, como fraudes, roubos de senhas e outras informações pessoais etc.

Acontece que mesmo uma empresa gigante como a empresa tem limites de recursos. Há um número finito de funcionários, recursos e orçamento que pode ser direcionado para dar suporte a cada sistema operacional. Considerando que após o Windows 7 já foram lançados 3 sistemas operacionais, faz sentido que a empresa dê mais prioridade ao que é mais recente, concordam?

Em resumo: o fim do suporte significa que o Windows 7 não mais receberá atualizações de segurança. O atendimento ao cliente também não dará mais suporte aos usuários.

Como já dissemos, seu computador vai continuar funcionando, mas é extremamente recomendado atualizar para um sistema mais moderno.

Faça o upgrade para um sistema operacional moderno

Como dissemos, é possível continuar usando seu computador com Windows 7, mas você estará por sua conta e risco. A melhor opção agora é mudar para um sistema operacional moderno, e há várias alternativas à sua disposição:

- Adquirir um novo PC ou notebook com Windows 10. Os computadores vendidos atualmente já vêm com o Windows 10 de fábrica, e nenhuma ação adicional deve ser necessária da sua parte.

- Atualizar seu computador existente para o Windows 10. Essa pode ser a alternativa mais viável caso você queira continuar a utilizar o computador que já possui, bastando adquirir uma licença para o Windows 10. A Microsoft recomenda que não se instale o Windows 10 em hardware muito antigo, pois pode haver problemas de compatibilidade. “Antigo” pode ser subjetivo; recentemente eu atualizei meu computador de cinco anos de uso para o Windows 10 e está funcionando perfeitamente. Tudo vai depender do hardware que você possui. Na dúvida, consulte um técnico em informática de confiança.

- Atualizar seu computador existente para um sistema operacional baseado em Linux. Finalmente, uma outra opção seria fazer a mudança para uma distribuição do Linux. Distribuições Linux são sistemas operacionais seguros, de código-livre e na maioria das vezes, completamente gratuitos. Embora sua instalação e configuração possa ser desafiadora para muitos consumidores finais, existem versões mais amigáveis, como o Ubuntu.

Obrigado pela leitura, e até a próxima!

Carlos Schults. Consultor em tecnologia da informação, desenvolvedor e autor técnico. E-mail: carlos.schults@gmail.com.  

Publicidade

Cinema

Publicidade

Insta do Siga Mais