Crônicas Provincianas

Uma FORMIGA que não era ATÔMICA na Província...

Mais uma história de encontros e desencontros.

Sérgio Barbosa | Jornalista diplomado e professor universitário | barbosa.sebar@gmail.com Colunista
Sérgio Barbosa | Jornalista diplomado e professor universitário | barbosa.sebar@gmail.com
(Reprodução). (Reprodução).

“A frase de ação da Formiga Atômica ´Up and At ‘em, Atom Ant!´, foi traduzida pela dublagem original brasileira para “Lá vai a triônica, Formiga Atômica”. Era proferida a cada ataque. Sempre que não conseguia ter força suficiente para uma determinada tarefa, ela voltava ao seu formigueiro, levantava os halteres algumas vezes e voltava para completar sua missão.” (in PAPO DE PRAGA)

Isso mesmo meu caro leitor ou leitora, apareceu nesta PROVÍNCIA DO FAZ DE CONTA naquele outro tempo deste tempo, porém, aqui já era uma coisa do FAZ DE CONTA desde a minha chegada nesta PROVÍNCIA em 1.999...

Voltando ao nosso caso em pauta, ou seja, a chegada sem mais e sem menos em uma visita sem ser convidado e por intermédio de um outro DITO QUE JÁ ERA CUJO naquele outro tempo, portanto, o ilustre que apareceu naquele local não especificado, pois, neste caso aqui, trata-se de uma ilustração que acredito que nem mesmo os DITOS que continuam CUJOS vão entender tais ocasos...

Mas, o tal VISITANTE e o outro que apareceram sem mais e sem menos naquele local, bem como, entraram sem maiores considerações e começaram a transitar no local como se fossem DONOS e ponto quase final...

Entretanto, depois de um tempo neste tempo, finalmente foram feitas as devidas apresentações e fiquei sabendo que o tal VISITANTE era isto e mais aquilo em titulação acadêmica, ainda, estava em busca de um LUGAR AO SOL em terras provincianas...

Depois de algumas idas e vindas com o VISITANTE deste e do outro lado, quase sempre se fazendo de COITADINHO, quase como aquele CACHORRINHO que caiu de algum caminhão de mudança e se perdeu em uma estrada qualquer...

Este tempo passou e o VISITANTE que era e continua PROVINCIANO de nascimento, todavia, mudou de ares no passado para estudar em outra cidade e acabou conseguindo chegar ao PANTEON dos DOUTORES, se bem que neste caso e analisando nos dias de hoje, pode-se registrar que tal TÍTULO é questionável...

Porém, depois de um tempo aqui e outro ali, como sempre, o VISTANTE que depois de alguns procedimentos burocráticos em nome disto ou daquilo, acabou entrando pra fazer parte daquele LUGAR que havia entrado como um simples VISITANTE...

Não sei ao certo, mas, depois de algum tempo deste mesmo tempo, ao chegar naquele LOCAL, eis que encontro uma figura entrando de BIS no estacionamento, porém, como estava de capacete não era possível identificar a criatura...

Entretanto, depois que o mesmo parou a BIS e ao descer, tirou o CAPACETE, neste momento não deu outra, neste mesmo momento, identifiquei o mesmo como a FORMIGA ATÔMICA que tinha acabado de chegar...

Assim, tal qual aquele DESENHO ANIMADO que a TV veiculava no passado, isso é, só mesmo quem conhece tal série vai saber do que se trata neste caso em pauta, mesmo assim, tal registro se faz necessário em nome das ETERNAS RECORDAÇÕES...

Nestes desencontros não tem como citar este ou aquele NOME, mesmo assim, tais ilustrações podem servir como indicação para outros e outras que circulam nesta PROVÍNCIA DO FAZ DE CONTA como se fossem FORMIGAS ou SAÚVAS desconectadas da sua REALIDADE...

Ah! O apelido acabou pegando durante um tempo como FORMIGA ATÔMICA, porém, neste caso, PROVINCIANA e depois, o dito cujo nunca mais apareceu naquele local com a sua BIS...

SÓ QUEM CONHECEU A TAL FORMIGA ATÔMICA PROVINCIANA VAI SABER DISTO E MAIS AQUILO...

Publicidade

Insta do Siga Mais