Crônicas Provincianas

Pioneiros/as da Província sem placas...

Pioneiros anônimos, como personagens e testemunhas da história da cidade.

Sérgio Barbosa | Jornalista diplomado e professor universitário | barbosa.sebar@gmail.com Colunista
Sérgio Barbosa | Jornalista diplomado e professor universitário | barbosa.sebar@gmail.com
Habitação no bairro Lagoa Seca (Arquivo/Siga Mais). Habitação no bairro Lagoa Seca (Arquivo/Siga Mais).

“Cada dia é uma soma de batalhas vencidas; / etapas concluídas, promessas alcançadas; ] algumas lágrimas contidas e outras derramadas.” (Anônimo)

Aos meus vizinhos, dedico!

Faz alguns meses, conversando com o historiador Tiago Rafael sobre PERSONAGENS SEM NOME disto e mais aquilo desta PROVÍNCIA, ou seja, aqueles/as PESSOAS que estão por aqui desde o início e nunca são convidados/as e muito menos lembrados/as para alguma comemoração alusiva ao Aniversário da cidade e tudo mais em meio ao tudo de menos...

Entretanto, entendo que faz-se necessário buscar essas PESSOAS onde as mesmas estiverem para um REGISTRO HISTÓRICO, ainda, a maioria com certeza tem as suas HISTÓRIAS sobre isto e aquilo, bem como, com certeza bem diferente do lado OFICIAL...

Por exemplo, tenho alguns VIZINHOS que estão nesta RUA, ou seja, a TAMOTO MATUOKA desde quando era de TERRA BATIDA e possuía uma ou outra CASA DE MADEIRA...

Tem uma PLACA DE INAUGURAÇÃO do Terminal Rodoviário que o nome está escrito TAMOTU, portanto, com U e não com O...

Mas, voltando ao tema deste TEXTO, acredito que esses PERSONAGENS PROVINCIANOS/AS estão perdidos nos quatro cantos da cidade, porém, na ESPERA de um contato para que REGISTREM as suas considerações sobre quem realmente são os/as PIONEIROS/AS...

Também, acredito que a SIMPLICIDADE pode fazer a diferença por meio dos muitos CAUSOS sobre tudo e todos que esses PIONEIROS/AS ESQUECIDOS possuem nos seus anos e anos como MORADORES/AS da PROVÍNCIA...

Torna-se necessário que a HISTÓRIA possa fazer valer a sua proposta em todas as áreas do MERCADO, haja vista que a MEMÓRIA deve ser preservada para que que o FUTURO possa estar no PASSADO por meio do PRESENTE...

Não sei do tempo do meu tempo, porém, conversando com o TIAGO naquela oportunidade, disse que o meu DESEJO como JORNALISTA DIPLOMADO, seria de REUNIR diversas ENTREVISTAS para uma PUBLICAÇÃO em formato de E-BOOK com FOTOS e NOMES que NUNCA APARECERAM, ainda, correm o risco de permanecerem como PIONEIROS ANÔNIMOS desta PROVÍNVIA DO FAZ DE CONTA...

Se VOCÊ procurar nas diversas PLACAS disto e mais aquilo espalhadas pelas Ruas, Avenidas, Ladeiras, Praças e outros lugares provincianos, com certeza NÃO VAI ENCONTRAR algum REGISTRO com esses denominados PIONEIROS/AS...

Ainda bem que afirmou um pesquisador, a saber: O JORNALISTA É O HISTORIADOR DO PRESENTE, portanto, faço questão de registrar outra frase histórica neste contexto, ou seja, A CÉSAR O QUE É DE CÉSAR, bem como, A QUEM HONRA, HONRA...

Neste cenário um tanto quanto DIFERENTE pelo contexto provinciano, se bem que tais DESENCONTROS, também, ocorrem em todos os lugares deste PAÍS DO FAZ DE CONTA, tendo em vista que não existe COMPROMISSO com a MEMÓRIA deste ou daquele LUGAR...

QUEM CONHECE AQUELE/A PIONEIRO/A ANÔNIMO/A VAI SABER.......

Publicidade

Tio Panda Adamantina
Nova Foto e Ótica

Publicidade

Insta do Siga Mais