Crônicas Provincianas

Paredes Alvas, Nova Gestão e desinformações provincianas...

O processo de transição para a escolha da nova reitoria da UniFAI.

Sérgio Barbosa | Jornalista diplomado e professor universitário | barbosa.sebar@gmail.com Colunista
Sérgio Barbosa | Jornalista diplomado e professor universitário | barbosa.sebar@gmail.com
(Arquivo/UniFAI). (Arquivo/UniFAI).

“Quem insiste em julgar os outros sempre tem alguma coisa pra esconder.” (Renato Russo)

As pessoas, ou melhor, os ditos CURIOSOS DE PLANTÃO em todas as áreas, deveriam antes de ABRIR A BOCA, procurar se informar sobre isto ou aquilo, assim, evita-se de FALAR/COMENTAR e até mesmo de TOMAR PARTIDO deste ou do outro lado...

Tais considerações são necessárias neste CENÁRIO PROVINCIANO em função das INDICAÇÕES dos NOMES/PROPOSTAS para o próximo MANDATO nas PAREDES ALVAS desta PROVÍNCIA DO FAZ DE CONTA...

São muitos os DESENCONTROS PATROCINADOS pela eterna DESINFORMAÇÃO que predomina por meio da MÍDIA local em nome deste ou daquele interesse, assim, faz-se necessário estar em CONEXÃO com as DIRETRIZES medidas pelo CONSELHO UNIVERSITÁRIO das PAREDES ALVAS neste TEMPO NOVO TEMPO...

Portanto, as decisões por meio da VOTAÇÃO que indicou os NOMES em PRIMEIRO LUGAR estão de acordo com o PROCESSO DEMOCRÁTICO instalado e aprovado na INSTITUIÇÃO desde o início como CENTRO UNIVERSITÁRIO...

Desta forma, não se trata de SER desta PROVÍNCIA ou de outra qualquer, tendo em vista que a CONJUNTURA atual permite que QUASE todas as atividades afins aos objetivos das ORGANIZAÇÕES sejam executadas por meio das PLATAFORMAS DIGITAIS...

Todavia, como sempre, nesta PROVÍNCIA DO FAZ DE CONTA tudo pode ocorrer, ou seja, o SEGUNDO pode ficar em PRIMEIRO sem levar em conta que tal DECISÃO contou com o APOIO EXPRESSIVO do GRUPO (sic) que outorgou para a MELHOR PROPOSTA de GESTÃO, haja vista que foi nada mais e nada menos do que 12 VOTOS, ou seja, o DOBRO do SEGUNDO COLOCADO com 6 votos...

De um jeito ou de outro, as denominadas MENTES BOVINAS continuam soltas neste cenário provinciano em tempo de PANDEMIA, pra variar aqui ou ali, a MANADA continua circulando, ou melhor, espalhando BOATOS que não estão de ACORDO com as DIRETRIZES ACADÊMICAS das PAREDES ALVAS...

Também, existe aquele outro DITO POPULAR que afirma, a saber: CADA MACACO NO SEU GALHO, assim, espera-se que daqui pra frente não ocorra tais DESENCONTROS patrocinados pelos interesses de sempre, além disto, ou daquilo, MUDAR É PRECISO e com URGÊNCIA...

O FUTURO das PAREDES ALVAS está no PRESENTE, portanto, espera-se que o LEGISLATIVO PROVINCIANO possa fazer a diferença neste CENÁRIO frente a qualquer DECISÃO ou ESCOLHA sem levar em consideração a INDICAÇÃO dos NOMES pelo CONSELHO UNIVERSITÁRIO das PAREDES ALVAS em tempo de pós-globalização midiática...

QUEM SOBREVIVER VAI SABER...

AVE ALEXANDRE E WENDELL!

O autor é jornalista diplomado e professor universitário. Desenvolveu atividades como pesquisador-colaborador da CÁTEDRA UNESCO/METODISTA DE COMUNICAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL nos anos de 1.998-2.018. E-mail: barbosa.sebar@gmail.com  

Publicidade

Insta do Siga Mais
Nativa FM Adamantina
93 FM Adamantina
Radio Brasil FM