Crônicas Provincianas

John Ono Lennon: “Live in New York City”

Gravado ao vivo no dia 30 de agosto de 1972 no Madison Square Garden em New York City, EUA.

Sérgio Barbosa | Jornalista diplomado e professor universitário | barbosa.sebar@gmail.com Colunista
Sérgio Barbosa | Jornalista diplomado e professor universitário | barbosa.sebar@gmail.com
(Reprodução). (Reprodução).

Escrever  artigos sobre temas relacionados com a área musical neste novo tempo podem proporcionar momentos sublimes para os sonhadores e sonhadoras de plantão, tendo em vista as necessidades do ser humano frente às mudanças deste novo tempo...

Dizem que na vida tudo passa, mais um daqueles adágios populares para o homem do outro mundo por meio dos chamados ditos populares numa comunidade qualquer por meio dos processos midiáticos entre emissor, mensagem e receptor...

A pauta neste processo comunicacional pode representar o direcionamento da mensagem em foco, claro, pode-se pensar em outras possibilidades, porém, é necessária, antes de tudo, uma reflexão sobre as questões do momento, aqui, um olhar sobre o artista e seu mundo...

O homem e seu tempo, um poeta contemporâneo, portanto, “honra a quem honra”, JOHN ONO LENNON sempre esteve à frente do seu tempo, foi um questionador em nome de uma causa imaginável para o artista em suas andanças pelo Planeta Terra...

A morte, ou melhor, o assassinato de JOHN ONO LENNON ocorrido em solo norte-americano, na capital global, “New York City”, em 1980, deixou milhões de fãs em estado de choque em nível mundial...

Porém, alguns anos antes, nesta mesma cidade que JOHN ONO LENNON amava e residia, apesar da oposição do governo norte-americano por causa da posição ideológica do mesmo frente às ingerências políticas dos EUA - Estados Unidos da América em outros países como invasor ou opressor nas áreas econômica e militar, JOHN LENNON, realizou um show que marcou época...

O encontro aconteceu no dia 30 de agosto de 1972, no Templo Sagrado do “Madison Square Garden” e reuniu vários artistas no apoio ao ídolo maior, JOHN LENNON, juntamente com YOKO ONNO, sua esposa na época, estiveram numa “performance” musical mais do que perfeita, num encontro que marcou os anos 70 em todos os aspectos como uma década sublime para a História do Rock and Roll em nível internacional...

O contexto mundial era de incerteza para a maioria dos países, inclusive para o “País do faz de conta” que nesta década conheceu o tal “Milagre brasileiro” pelas botas do regime militar como forma de expressão ditatorial, reprimindo tudo e todos ao mesmo tempo como forma mostrar o poder pelo poder...

As músicas deste show causaram repercussão na mídia, bem como, no mundo artístico como uma proposta de contestação do mito JOHN ONO LENNON em meio aos desencontros da década de 70...

Registra-se neste encontro musical, clássicos como: IMAGINE, considerada a melhor música do outro século pela BBC de Londres, também, WOMAN IS THE NIGGER OF THE WORLD, além da INSTANT KARMA...

Não se pode deixar de lado, outras, entre as quais: MOTHER, COME TOGETHER, COLD TURKEY e o Hino da Paz: GIVE PEACE A CHANCE...

AVE JOHN ONO LENNON!

Publicidade

Cóz Jeans
Tio Panda Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais